Scania amplia a sua gama de camiões alimentados a biogás

A Scania é um interveniente importante nos camiões pesados com motores a gás. O atual cenário de expansão das infraestruturas e o aumento da oferta de biometano levou a uma maior procura, especialmente para tratores de longo curso com o tipo de alcance que normalmente só se espera por parte de camiões a gasóleo.

Agora a Scania está a acrescentar à sua oferta diversas novas opções de depósitos Bio-GNC e Bio-GNL que significam melhorias substanciais no potencial da gama. Os camiões que apresentam as novas soluções serão apresentados na feira italiana “Transpotec” em meados de maio.

A infraestrutura de estações de abastecimento de biometano liquefeito e de outros tipos de combustíveis para veículos a gás alcançou definitivamente uma massa crítica, e não só na Europa. Ao acrescentar várias soluções de depósitos à sua oferta existente, a Scania revela o seu forte apoio aos combustíveis renováveis como uma parte importante na orientação da mudança para um sistema de transporte sustentável.

Os veículos a gás estão a tornar-se cada vez mais populares em toda a Europa, mas mercados como o de Itália, França, Alemanha e Europa Central e Oriental estão na linha da frente.

Os camiões movidos a gás são também uma importante pedra angular na adesão da Scania aos seus Objetivos de Base Científica, o compromisso da empresa de reduzir as emissões de CO2 dos seus produtos num total de 20% entre 2015 e 2025.

As mais recentes adições da Scania ao seu portfólio de soluções de gás:

• Depósitos de Bio-GNL para gamas até 1400 km (de Södertälje a Calais)
• Depósitos de Bio-GNC para gamas até 750 km (de Södertälje a Lübeck)
• Depósitos de Bio-GNC de 80 litros que podem ser combinados, libertando um dos lados da estrutura
• Depósitos de Bio-GNC numa prateleira por trás da cabina: proporciona um maior alcance em combinação com depósitos em posições regulares. Alcance até 1000 km em tratores com distâncias entre eixos ≥ 3 900 mm (de Södertälje a Berlim)
• Depósitos de Bio-GNL que proporcionam espaço adicional e livre na parte frontal dos depósitos, o que é benéfico para as carroçarias e permite soluções especializadas, tais como eixos de apoio Hendrickson em configurações de empurradores A6x2/2 no Reino Unido.

Todas estas novas etapas de desempenho serão introduzidas durante 2022.

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Publicidade
Error, no Advert ID set! Check your syntax!