Opel volta a apostar na submarca GSe

A Opel irá trazer de volta ao mundo o nome GSe e promete que a submarca chega agora com o foco virado para o dinamismo e para a mobilidade eletrificada. Para os clientes da marca a letras GSe significam duas coisas: altos níveis de equipamento e condução desportiva.

Tendo por base o plano do fabricante alemão em oferecer uma versão eletrificada de cada modelo da sua gama até 2024, e de ser uma marca totalmente elétrica na Europa até 2028, a Opel decidiu reavivar e redefinir o conceito GSe como uma nova submarca topo de gama.

Para além de ostentar um visual atlético, os futuros clientes das versões GSe podem contar com uma configuração de chassis concebida para proporcionar um elevado nível de prazer e envolvimento na condução. E, à semelhança de todos os modelos Opel, a gama GSe será “à prova da Autobahn” graças a intensivos testes realizados nas autoestradas alemãs. Simultaneamente, os modelos GSe combinarão estes valores com a opção de mobilidade local sem emissões, redefinindo, assim, os níveis de desempenho atuais.

Com base nisto, a Opel apresentou recentemente o Manta GSe, numa reinterpretação do clássico Manta de 1970, que nos mostra que a linhas de outros tempos são, ainda hoje, bem atuais. Com uma postura forte e definida, o novo Manta reflete um novo futuro: elétrico, sem emissões locais repleto de emoções.

Até 2024, todos os modelos Opel serão eletrificados e os clientes têm já tem a possibilidade de optar entre 12 modelos eletrificados, desde os híbridos plug-in como o Grandland e o Astra, aos veículos 100% elétricos a bateria como o Corsa-e , Zafira-e Life,  Combo-e Cargo e o furgão Movano-e.

Por: Nuno Freitas Faria

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Publicidade
Error, no Advert ID set! Check your syntax!