Opel terá gama elétrica alargada até meados de 2021

A Opel é elétrica. Este é o mote do fabricante alemão, como se demonstra pela abrangente gama de modelos elétricos que já possui em comercialização.

A gama abrange automóveis que proporcionam condução sem emissões com veículos de diversos segmentos, de pequenas a grandes dimensões. O portfólio engloba desde o sub-compacto “best-seller” elétrico Opel Corsa-e até ao pioneiro e novíssimo Opel Mokka-e, passando pelas propostas Opel Vivaro-e e Opel Zafira-e Life, para além do Opel Grandland X, uma sofisticada proposta híbrida “plug-in”.

Forte capacidade de aceleração e autonomias até aos 337 quilómetros (Corsa-e) em ciclo WLTP tornam os automóveis elétricos da Opel especialmente dinâmicos e totalmente adequados para uma utilização no dia-a-dia. Para além disso, a Opel oferece uma ampla escolha de opções de carregamento como equipamento de série.

Em 2021, a marca alargará a sua gama de produtos com as versões “e” dos modelos Combo, Combo Life, Movano e do novo Astra. Até 2024, a marca do relâmpago terá versões eletrificadas de todos os seus modelos.

O Opel Grandland X Hybrid4 garante prazer de condução logo desde o primeiro toque no pedal do acelerador. Sob a carroçaria elegante esconde-se um potente sistema elétrico de 221 kW (300 cv) e de 520 Nm de binário máximo, bem como um sistema elétrico de tração integral (consumo de combustível WLTP1: 1,4-1,3 l/100 km, emissões de CO2 32-29 g/km; valores NEDC2 em ciclo misto: 1,6-1,5 l/100 km, 36-34 g/km CO2).

Tal significa que este híbrido “plug-in” não só consegue enfrentar na perfeição condições mais adversas, como também pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 6,1 segundos.

Os modelos Opel 100 totalmente elétricos, a bateria, oferecem pura dinâmica, logo a partir, por exemplo, do Corsa-e, modelo recém-premiado na Alemanha com o título “Volante de Ouro 2020”. O propulsor elétrico debita 100 kW (136 cv) e 260 Nm de binário máximo à primeira rotação do motor. O Corsa-e acelera dos 0 aos 50 km/h em 2,8 segundos e até aos 100 km/h em 8,1 segundos.

O condutor pode optar entre 3 modos de condução: Normal, Eco e Sport. O modo “Sport” adequa-se particularmente a um estilo de condução mais dinâmico, proporcionando uma resposta mais direta do acelerador e da direção; em contraste, no modo “Eco”, o veículo é configurado para alcançar uma eficiência energética ideal. Fruto da sua bateria de 50 kWh, o Corsa-e pode proporcionar uma autonomia máxima de 337 km no ciclo WLTP, com uma única carga de bateria.

Quando os condutores de um modelo elétrico da Opel precisam de recarregar bateria contam com uma panóplia de soluções. Por exemplo, a bateria de 50 kWh do Corsa-e pode ser “reabastecida” até 80 por cento da sua total capacidade em apenas 30 minutos, num posto de carga rápida (corrente direta) de 100 kW de potência. De série no Corsa-e, esta solução é partilhada também, igualmente de série, nos modelos Mokka-e, Zafira-e Life e Vivaro-e.

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Publicidade
Error, no Advert ID set! Check your syntax!