fbpx

Mercedes-Benz apresenta segunda geração do Citan

A Mercedes-Benz apresentou hoje a segunda geração do Citan, o seu furgão de mercadorias ou de passageiros desenvolvido em parceria com a Renault. Tanto um como o outro foram desenvolvidos para oferecerem elevados níveis de conforto, segurança e versatilidade.

A comercialização arrancam em novembro e a estética assemelha-se com a do modelo que lhe serve de base, o Renault Kangoo, mas conta com detalhes específicos. A secção dianteira apresenta a imagem típica da Mercedes-Benz, ao que se juntam os faróis com orientação horizontal. A grelha do motor com três lâminas duplas e a estrela da marca localizada centralmente.

O Mercedes-Benz Citan Tourer, por exemplo, inclui um portão basculante traseiro com óculo e bancos dos passageiros da fila de trás que podem ser rebatidos numa configuração 1/3 – 2/3. Em opção estarão disponíveis mesas integradas nas costas dos assentos dianteiros, com suportes de copos integrados. As portas traseiras assimétricas são opcionais.

No interior, encontramos a mais recente filosofia de design da marca alemã, baseada no conceito que é apelidado de Pureza sensual. O painel de instrumentos distingue-se visualmente e trata-se do núcleo funcional que compreende a instrumentação, o ecrã (opcional) e as saídas da ventilação.

O Mercedes-Benz Citan Tourer será proposto nos níveis de equipamento Base e Pro. Este último distingue-se a nível estético. O pára-choques está pintado na cor da carroçaria, o assento do condutor é ajustável em altura, o ar condicionado é de série, assim como os vidros elétricos. A lista de opcionais é extensa, destacando-se o sistema Keyless-Go (acesso sem chave de ignição), o pacote de estacionamento traseiro, o pacote de estacionamento com Parktronic ou o sistema multimedia MBUX.

No capítulo mecânico, o Citan irá ser proposto em três opções, uma Diesel e duas a gasolina. Todos os motores cumprem a norma Euro 6 e estão combinados com a função ECO Start / Stop.

A oferta assenta no bloco de 1461 cc que desenvolve uma potência de 95 cv e um binário de 260 Nm. Quanto ao propulsor a gasolina, é a conhecida unidade de quatro cilindros de 1332 cc, que estará disponível em níveis de potência de 102 cv ou 131 cv. A transmissão é assegurada por uma caixa manual de seis velocidades, estando igualmente disponível uma caixa de dupla embraiagem de sete relações nas motorizações mais elevadas.

No capítulo da segurança, todos os modelos Citan estão equipados com ABS, ESP, assistente de arranque em subida, assistente de ventos laterais e Attention Assist.

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Publicidade