Lanzante levanta o véu do McLaren P1 Spider

O McLaren P1 é possivelmente dos automóveis que mais olhares atrai quando por ele se passa, mas porque não torná-lo ainda mais especial?

Foi exatamente isso que a Lanzante decidiu fazer: pegar no P1 e dar-lhe uma versão descapotável. Depois de ter apresentado esboços daquilo que será chamado de Lanzante McLaren P1 Spider nos dias anteriores à sua revelação em Goodwood, a preparadora britânica levou um modelo final para o evento, onde tomou o lugar central.

De acordo com a Lanzante, este projeto surgiu através de um cliente que queria tornar o seu P1 numa versão descapotável. Desafio aceite e cinco exemplares vão nascer para nos deliciar, mas criar uma versão Spider para o McLaren P1 não foi tarefa fácil, uma vez que a entrada de ar no tejadilho era um componente chave para o arrefecimento do V8 twin-turbo de 3,8 litros. Para isso, a Lanzante teve de remodelar alguns dos aspetos estéticos, sem mexer muito no design intemporal do carro.

A alteração da monocélula de fibra de carbono também exigiu bastante atenção e para compensar a falta de tejadilho, a Lanzante teve que reforçar a base dos pilares A. Outro grande desafio foi redesenhar as portas que normalmente têm dobradiças nos pilares A e no tejadilho.

Também no interior as modificações são consideráveis. A maioria das superfícies da cabine são agora forradas em SuperFabric, um composto resistente ao clima e aos raios UV. Por fim, vários toques de fibra de carbono acetinada e pormenores em preto brilhante também foram aplicados um pouco por toda parte.

Por: Nuno Freitas Faria

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Publicidade
Error, no Advert ID set! Check your syntax!