Portada » Carros 360 » Jaguar I-Pace: interior em 360 graus

Jaguar I-Pace: interior em 360 graus

jaguar i-pace interior

O SUV elétrico da Jaguar conta com um interior digital, rematado com acabamentos de alta qualidade.

A Jaguar entrou na era da eletromobilidade em 2018 com o lançamento do revolucionário I-Pace, cujo design exterior e interior é sinónimo de qualidade e alta tecnologia. O SUV elétrico, com até 470 km de autonomia de acordo com a homologação WLTP, possui dois motores que, em conjunto, desenvolvem 400 CV de potência. Uma configuração que determinou o desenho da carroçaria e do habitáculo.

Neste último, a posição do volante fica a meio caminho entre uma berlina e um SUV. É alto, mas sem exageros, e está rodeado de um tablier muito cuidado nos seus detalhes. Predomina a utilização de molduras com acabamento em alumínio, juntamente com outros remates em negro brilhante. Mas aquilo que dá ao Jaguar I-Pace aquele toque interior de automóvel do futuro é o seu painel totalmente digitalizado.

Dois ecrãs táteis

jaguar i-pace interior pantalla

Estes captam todo o protagonismo mal entramos no carro. Estamos perante o inédito sistema Touch Pro Duo da Jaguar, com todos os instrumentos e comandos do automóvel integrados em ambos os ecrãs centrais. O superior serve como qualquer outro ecrã central, integrando todas as funções do vehículo. O inferior, por seu lado, está centrado na climatização, que também integra dois comandos multifuncões que complementam a função tátil.

O terceiro ecrã do Jaguar I-Pace é o do painel de instrumentos propriamente dito, que não e tátil. Mostra a informação e os parâmetros do automóvel de forma estruturada e simples. O aspeto e os menus podem ser configurados através dos botões multifunções do volante. Além disso, também aparece o estado da bateria e os quilómetros de autonomia.

Amplo espaço para todos os ocupantes

Quanto à habitabilidade, o I-Pace, como todos os SUV de grandes dimensões, tem de sobra. Já o ensaiamos e sobretudo destaca-se a fila de bancos traseiros. A enorme distância entre filas liberta um grande espaço para descansar as pernas. Quanto à altura do teto, sem ser uma das melhores do segmento, é suficiente para albergar pessoas altas, com mais de 1,80 m.

A bagageira, por sua vez, não é das mais amplas da sua categoria, com 505 litros, uma vez que é ultrapassada pela mala do Audi e-tron, com 600 l. Rebatendo os bancos traseiros é possível ampliar a capacidade até aos 1.163 litros. Além disso, para aceder à mala, de acordo com a versão, é possível abrir recorrendo à função mãos-livres, passando o pé por baixo do pára-choques. Adicionalmente, por baixo do capot dianteiro existe um outro compartimento para albergar objetos de 27 litros.

Fotos (interativa e estáticas): Paloma Soria.

Acrescentar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMA EDIÇÃO
Siga-nos no Facebook