Ford anuncia final de carreira do Mustang Shelby GT350

Enhancing handling and steering responsiveness, Shelby GT350R refinements for 2020 include redesigned front suspension geometry with a redesigned high-trail steering knuckle leveraged from the all-new Shelby GT500.

A Ford anunciou que vai descontinuar a produção do emblemático Shelby GT350, que foi um sucesso na gama Ford nos últimos quatro cinco anos.

A razão pode ser o aumento de encomendas do GT500, modelo que pretende assumir-se como topo da gama Mustang.

O GT350 foi apresentado no Salão de Los Angeles de 2014, seguido pelo GT350R no Salão de Detroit de 2015. Ambos entraram em comercialização em 2006, sob a marca Mustang.

O seu motor aspirado V8 de 5,2 litros com um design plano da cambota, permitindo ao GT350 desenvolver uma potência de 526 cv a uns pouco habituais 7500 rpm para um Mustang.

A potência era idêntica no GT350R, mas contava com mais uns apêndices aerodinâmicos que permitiam curvar ainda melhor. Apesar do anúncio da descontinuação do GT350, a Ford continua a disponibilizar o GT500.

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Publicidade
Publicidade