Portada » Ensaios » Fiat Tipo SW 1.3 MultiJet Mirror: mais por menos

Fiat Tipo SW 1.3 MultiJet Mirror: mais por menos

Fomos tentar perceber o que faz do Fiat Tipo um carro de sucesso. Para isso “agarrámos” na carrinha com motor 1.3 Mjet de 95 CV, nível de equipamento Mirror e juntamos-lhe alguns extras. Contabilizamos a garantia de 5 anos ou 75 mil km com manutenção incluída e o resultado é…

A Fiat não imaginava o sucesso do Tipo, pelo menos em Portugal. Competitivo na relação preço/equipamento “entra” facilmente nos plafonds das frotas das empresas, nos rent-a-car e no coração dos particulares. O segredo é simples: oferecer muito por pouco dinheiro. Mas, o que é o muito? É a estética, por exemplo. O Tipo SW é elegante e não nega alguma inspiração no Stilo Multiwagon, produzido entre 1999 e 2005. Ou o equipamento de série que, nesta versão Mirror, inclui dispositivos como o ar condicionado, o cruise control, as jantes em liga leve de 16” ou a bagageira multifuncional. Tudo acompanhado pelo veterano motor 1.3 Mjet de 95 CV e, sobretudo, um preço de 22.150 euros.

Interior

Espaçosa por dentro, com uma altura nos bancos traseiros generosa e uma bagageira com 550 litros, denota um interior cuja qualidade acaba por ser mediana. Basta abrir as portas e passar a mão pelos materiais do tablier para perceber que foram feitas algumas poupanças, principalmente ao nível da qualidade dos plásticos e da própria montagem. Porém, também existe o outro lado. Detalhes como os leds diurnos ou, no interior, o sistema U Connect HD Live com ecrã tátil de sete polegadas dão o toque necessário de refinamento. Em relação a este último, muito bem integrado no tablier, diga-se, destaque para o funcionamento muito intuitivo e para panóplia de funcionalidades que vão desde o streaming ao Apple Car Play, passando pelo Android Auto. Resta-nos sentar ao volante e seguir viagem. Os bancos são confortáveis, o ar condicionado manual faz o frio suficiente e, felizmente, os espaços de arrumação abundam. Para rematar, ligações USB e tomada de 12 volts.

Um motor simpático

Ao arrancar, percebemos que o Tipo é sólido em bom piso. O motor 1.3 surge acoplado a uma caixa de cinco velocidades direta (poderia ser mais precisa) que permite enorme desenvoltura em ambiente de cidade. Nos primeiros metros sente-se que a suspensão tem um pisar decidido, não sendo muito confortável nos maus pisos, mas também não demasiado dura. Os movimentos da carroçaria são perfeitamente controlados, enquanto os comandos são suaves e relativamente diretos. Pena que a direção revele excesso de assistência a velocidades médias. Em compensação, o modo “City” assume-se como uma preciosa ajuda nas manobras da cidade.
O 1.3 Mjet de 95 CV é “multifacetado”. A baixos regimes denota um inevitável fosso pré-turbo que a caixa de velocidades, com cinco relações bem escolhidas, acaba por disfarçar. Nem sequer é preciso demasiada atenção do condutor para evitar os regimes de que o motor não gosta. Aliás, na prática, o maior problema deste bloco acaba por residir nas viagens mais longas, onde, em determinadas situações, os 1.470 kg de peso nos fazem desejar um pouco mais de potência. Difícil é evitar o seu elevado ruído de funcionamento, seja em cidade ou em estrada. 
 Em suma, a carrinha Tipo 1.3 Mjet é um automóvel honesto e equilibrado que não oferece mais do aquilo que se vê e sente, com o espaço e o preço como grandes argumentos da marca.

Texto Ricardo Carvalho / Fotos Paulo Calisto

Fiat Tipo SW 1.3 MultiJet Mirror

FICHA TÉCNICA

TIPO DE MOTORDiesel, 4 cilindros em linha, turbo
CILINDRADA1.248 cm3
POTÊNCIA95 CV às 3.750 rpm
BINÁRIO MÁXIMO200 Nm às 1.500 rpm
V. MÁXIMA180 km/h
ACELERAÇÃO12,9 s (0 a 100 km/h)
CONSUMO (WLTP)4,7 l/100 km (misto)
EMISSÕES CO2 (WLTP)122 g/km
DIMENSÕES (C/L/A)4.571 / 1.792 / 1.514 mm
PNEUS205/55 R16
PESO1.470 kg
BAGAGEIRA550 l
PREÇO22.150 €
GAMA DESDE17.500 €
IUC146,79
LANÇAMENTOSetembro de 2016

Acrescentar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMA EDIÇÃO
Siga-nos no Facebook