Portada » Destaques » Atualidade » Eletrificação vai permitir à SEAT impulsionar vendas em 2021

Eletrificação vai permitir à SEAT impulsionar vendas em 2021

O impacto da COVID-19 abrandou temporariamente as vendas da SEAT S.A. Após um crescimento constante desde 2013, a empresa automóvel reduziu as entregas em 25,6% em 2020 e vendeu 427.000* automóveis (2019: 574.100), após ter atingido o maior volume da história da empresa em 2019.

Por país, a Alemanha consolidou-se como o primeiro mercado da SEAT S.A., com 109.500 veículos vendidos, menos 17,4% do que em 2019 (132.500), uma quota de mercado de 4% e 25,6% das vendas totais da empresa. Depois, Espanha ficou com 73.300 veículos, menos 32,1% do que no ano anterior (108 mil), e onde a marca SEAT foi líder pelo terceiro ano consecutivo, e o Reino Unido, com 45.600, menos 33,8% (68.800).

Portugal conquistou uma quota de mercado de 4,85%, sendo a 8ª Marca a nível nacional e a que mais vendeu dentro do Grupo VW em Portugal.

Espanha, Portugal e Reino Unido têm sido os principais mercados europeus onde o sector automóvel foi mais afetado pela crise do coronavírus.

Apesar da pandemia, as entregas da SEAT S.A. têm crescido em países como a Turquia e Israel. Na Turquia, a SEAT quase duplicou as vendas para um total de 11.600 automóveis vendidos, mais 95,3% (5.900), enquanto em Israel a empresa bateu o seu recorde de vendas pelo sétimo ano consecutivo e atingiu um total de 10.400 veículos comercializados, mais 13% do que em 2019 (9.200).

A nova marca CUPRA bateu o seu recorde de vendas em 2020 e atingiu um total de 27.400 veículos vendidos, mais 11% do que em 2019 (24.700), pelo impulso em países como Alemanha, Itália e México e a receção do CUPRA Leon e-HYBRID. Em dezembro, a CUPRA alcançou também o maior volume de vendas da sua história num mês, com 3.600 automóveis vendidos, mais 93,1% do que em dezembro de 2019 (1.900). Desde a criação da CUPRA em 2018, foram comercializados mais de 65.000 automóveis.

O modelo mais vendido da CUPRA em 2020 foi o Leon, com 13.300 unidades. Destaque ainda para o desempenho do CUPRA Ateca, com 10.500 veículos vendidos, e do novo Formentor, dos quais 3.600 unidades foram entregues desde o seu lançamento na reta final do ano.

Acrescentar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMA EDIÇÃO
Siga-nos no Facebook