DS3 Crossback E-TENSE ganha mais uns quilómetros de autonomia

A DS Automobiles é a marca multi-energia com a média de emissões de CO2 mais baixa da Europa (100,2 gramas de CO2 por quilómetro, por veículo matriculado na primeira metade de 2021, segundo o ciclo WLTP) com um ‘mix’ de automóveis eletrificados superior a um terço.

É uma estratégia que está a acelerar, sendo que a partir de 2024, todos os novos modelos da DS Automobiles serão exclusivamente 100% elétricos.

O primeiro modelo 100% elétrico da gama DS beneficia agora de uma evolução. Comercializado desde 2019, o DS 3 CROSSBACK E-TENSE passa a ter uma autonomia de 341 quilómetros, medida de acordo com o ciclo combinado WLTP, representando um aumento de quase 7%.

Durante o processo de desenvolvimento, privilegiou-se a utilização real do DS 3 CROSSBACK E-TENSE. As evoluções foram realizadas, por exemplo, ao nível da bomba de calor, que passa a integrar um sensor de humidade para aumentar a sua eficiência. Proposta de série, a bomba de calor produz calor por compressão para gerar ar quente, processo que reduz consideravelmente o consumo de energia.

Fruto de um desenvolvimento contínuo e das constantes trocas de informações com a equipa Campeã de Fórmula E, apoiada pela DS Performance, a relação de transmissão também foi otimizada, permitindo melhorar a eficiência do DS 3 CROSSBACK E-TENSE.

O ganho de autonomia em utilização real requereu, também, a adoção de novos pneus de 17 polegadas Classe A, desenvolvidos pela Continental. Equipado de série na medida 215/60 R17 96H, o pneu Continental EcoContact 6 Q apresenta um novo composto de elevada tecnologia, à base de sílica, para reduzir a resistência ao rolamento e as emissões de ruído.

O DS 3 CROSSBACK E-TENSE é comercializado em Portugal com preços a partir de 41.550 euros.

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Lubrificantes Repsol
Publicidade