Portada » Atualidade » CODE inaugura nova sede e celebra o seu primeiro ano como “digital machine” da SEAT

CODE inaugura nova sede e celebra o seu primeiro ano como “digital machine” da SEAT

Com o objetivo de se adaptar a um contexto marcado por mudanças e enfrentar com sucesso a transformação digital da empresa, a SEAT anunciou em 2019 a criação de um centro de desenvolvimento de software. Um ano após o seu lançamento, o SEAT:CODE muda a sua sede para a Rambla 124, no coração de Barcelona.

Desde a sua criação, o SEAT:CODE tem vindo a recrutar profissionais de desenvolvimento de software e, nos próximos meses, irá contratar mais 100, até alcançar os 150 funcionários que dedicarão a liderar a transformação digital da empresa e a criar aplicativos e soluções digitais para promover a SEAT e a CUPRA, além de definir soluções digitais para o Grupo Volkswagen.

O SEAT:CODE foi criado com a ambição de impulsionar a transformação digital da empresa e aumentar a eficiência através da digitalização de processos, reforçando em simultâneo os modelos de negócio da empresa em torno dos conceitos de mobilidade, conectividade e digitalização do automóvel.

O SEAT:CODE presta serviço a todas as marcas da empresa e está especialmente focado nas áreas de Marketing e Vendas, Produção e Logística e Micromobilidade da empresa. Até agora, alguns dos projetos desenvolvidos pela equipa do SEAT:CODE dizem respeito à plataforma online de pré-reserva do CUPRA Ateca Limited Edition, à plataforma de renting do Mii electric, à plataforma de rastreio Fast Lane, ao aplicativo ByBus, às páginas web da CASA SEAT e CUPRA, à aplicação de motosharing da SEAT MÓ e até ao desenvolvimento de uma ferramenta digital de logística para ventiladores de emergência fabricados pela SEAT, entre outros projetos.

A nova sede do SEAT:CODE localiza-se nas Ramblas em Barcelona e terá quatro andares de escritórios, onde também ficará instalada uma equipa da divisão de software da Porsche, a Porsche Digital, que utilizará o espaço para partilhar conhecimentos e sinergias.

Acrescentar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMA EDIÇÃO
Siga-nos no Facebook