fbpx

BMW mostra M4 CSL que debita 550 CV e pesa 1625 kg

Para comemorar os 50 anos da M, a sua divisão desportiva, a BMW mostra o novo M4 CSL com 550 CV e menos 100 kg de peso quando comparado com o M4 Competition. Este é o BMW mais rápido de sempre a cumprir uma volta ao Nürburgring.

Para chegar a este valor de potência, a BMW aumentou a pressão de sobrealimentação dos dois turbos mono scroll que fazem parte do seis cilindros em linha de 3 litros, que viu a pressão subir dos 1,7 para os 2,1 bar. O binário é de 650 Nm.

Os genes do M4 CSL estão na competição, com a sigla a fazer referência a Competition, Sport e Lightweight. Para tal, além do retirar dos bancos traseiros (21 kg), a receita de emagrecimento passa pelo ‘uso e abuso’ de carbono em várias partes e componentes, caso dos novos bancos dianteiros, 24 kg mais leves. Discos de travão cerâmicos e vasta revisão dos elementos da suspensão, novas jantes e ligações ao solo retiram outros 21 kg. O eliminar de vários revestimentos e elementos de insonorização poupam 15 kg.

No exterior, além do tejadilho com composto em carbono já presente no M4, no CSL também o capot e tampa da mala (esta sem revestimentos) são fabricados em carbono. Além do rebaixar da suspensão, houve lugar à inclusão de barras estabilizadoras mais rígidas e de maior diâmetro e existem novas leis para o esquema de amortecimento variável.

A tração é feita apenas às rodas traseiras e realizada por intermédio da caixa automática de 8 velocidades. O sistema de controlo de tração é específico, tendo o condutor à disposição vários níveis de intervenção de forma a moldar as intervenções e ajudas eletrónicas, por exemplo, em condução em pista. Os 20,832 km do Nürburgring foram completados em 7 min 20.207 segundos.

 

Publicidade
ÚLTIMA EDIÇÃO
Publicidade